30 Setembro, 2021

Curriculum Eva Morais


É natural de Santa Maria da Feira onde aos 10 anos começou os seus estudos de flauta transversal na Academia de Música nas classes dos professores António Ribeiro e Ana Maria Ribeiro onde concluiu o 5ºgrau.
Em 1999 é admitida na Escola Profissional de Música de Espinho na Classe do Professor Jorge Salgado.
Terminou em 2009 a Licenciatura em Ensino de Música, variante Flauta Transversal na Universidade de Aveiro, onde ficou a lecionar como monitora da classe de Flauta Transversal até 2012.
Integrou várias orquestras nacionais tais como Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, Orquestra Filarmónica Portuguesa, Orquestra da Escola Superior de Artes Aplicadas em Castelo Branco, Orquestra APROARTE, Orquestra Sinfónica do Festival Internacional de Música de Viana do Castelo, Orquestra Sinfónica da Póvoa de Varzim e Orquestra Sinfónica de Jovens de Stª Mª da Feira e Banda Sinfónica de Jovens de Stª Mª da Feira.
Frequentou masterclasses com Ana Maria Ribeiro, Félix Renggli, Michael Debost, Patrick Gallois, J. Karievski, Michael Hasel, Jean Ferrandis, Paulo Barros, Jorge Correia, Nuno Inácio e Vicens Prats.
Foi laureada com o 2º Prémio na Categoria de solista A em Flauta Transversal no 20º Prémio Jovens Músicos em 2006, com o 2º prémio da Categoria C na classe de Flauta Transversal no I Concurso de música “Terras de La-Salette” em 2006, com o 1º prémio da categoria C em Flauta Transversal no II Concurso de Música “Terras de La-Salette” em 2007 e com o 2º Prémio no III Concurso Nacional de Instrumentistas de Sopro “Terras de La-Salette”.
Apresentou-se a solo com Orquestra Sinfónica de Jovens de Santa Maria da Feira, com a Orquestra Filarmonia da Beiras e com a Banda Sinfónica da ARMAB, da qual faz parte desde 2006 e que tem como diretor artístico o maestro Paulo Martins.
Lecionou no Conservatório de Música de Aveiro, no Conservatório de Música de Coimbra.
Ministrou masterclasses no Conservatório de Musica e Artes do Dão, na Fundação Bomfim Companhia da Música, na Escola de Música da Banda Musical de Fajões, na Escola de Música da banda Amizade, na Academia de Música da ARMAB e na Academia de Música de Arouca.
Faz reforço desde 2006 na Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música e na Orquestra Filarmónica Portuguesa, onde já trabalhou com vários maestros como Peter Rundel, Dtefan Asbury, Martin André, Alex Klein, Christoph Konig, Lavard Skou-Larsen, Olari Elts, Klaus Weise, M. Lindberg, entre outros. Atualmente leciona a classe de Flauta Transversal no Conservatório de Música da Jobra, na Art’j Escola Profissional de Artes Performativas da Jobra, na Academia de Música de Paços de Brandão e na Academia Música da ARMAB, onde exerceu o cargo de diretora pedagógica de 2014 a 2018. Enquanto docente quanta com imensos alunos premiados em concursos nacionais e internacionais.