Curriculum Alexandra Trindade


Alexandra Trindade iniciou os seus estudos musicais na Academia de Música de Espinho, tendo prosseguido posteriormente na Academia de Música de Paços de Brandão na classe do Professor Carlos Fontes. Com elevada classificação, concluiu, em 2003, a licenciatura em instrumento (violino) na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto, na classe da Professora Zofia Woycicka. É mestre em música para o ensino vocacional e mestre em ensino de música pela Universidade de Aveiro. É detentora do título de especialista em performance.
Durante a sua formação, foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian e da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira. Frequentou masterclasses com os professores Gerardo Ribeiro, Vladimir Ovcharek, Angel Gimeno, Daniel Stabrawa, Jossif Grinman e em Música Antiga com Richard Gwilt. Frequentou workshops de método Suzuki com Betty Haag.
Foi solista com várias orquestras destacando-se a Orquestra Sinfónica da Universidade Estatal de Campinas (Brasil), Orquestra da Universidade da Extremadura (Espanha), Orquestra Sinfónica da Póvoa de Varzim, Camerata Nov’Arte, Orquestra do Festival Internacional de Música de Lagos, ESART Ensemble, “Sinfonieta” e Orquestra de Música Antiga da Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto, Orquestra de Jovens de Santa Maria da Feira e Ensemble das Terras de Santa Maria.
Tocou sob a direção de Osvaldo Ferreira, Ivo Cruz, Marc Tardue, Sir Neville Marriner, Luís Carvalho, Omri Hadari, Francisco Rodilla Léon, Pedro Carneiro, Tugan Sokhiev, Cesário Costa, entre outros.
Foi agraciada com vários prémios, nomeadamente de melhor finalista atribuído pela Fundação Eng. António de Almeida e pelo Rotary Club, 2º lugar no Prémio Jovens Músicos 2001 na categoria de música de câmara nível superior, Bolsa de Mérito pela Câmara Municipal de Espinho em 1990, Bolsas de Mérito pelo Instituto Politécnico do Porto em 1999 e 2001 e Bolsa de Mérito atribuída pela Universidade de Aveiro em 2012.
Orientou masterclasses de violino na Universidade Estatal de Campinas (Brasil), SESI/FIEC (Fortaleza, Brasil), CCM/ARTAVE, Conservatório de Música de Fátima/ Ourém, Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian, Conservatório de Música de Braga Calouste Gulbenkian, Academia de Música e Dança do Fundão, Escola de Música do Centro de Cultura Pedro Álvares Cabral em Belmonte, Escola Profissional de Música da Jobra, Academia d’Artes de Cinfães, entre outros. Integrou o corpo docente do Festival Música Júnior que teve lugar em Montalegre em 2012, 2013 e 2014.
 Foi assistente de concertino e chefe de naipe da Orquestra Sinfónica da Póvoa de Varzim, entre 2002 e 2010, com a qual gravou para a editora numérica. Gravou igualmente para a RTP e RDP.
Foi membro do júri do Concurso Capela, Paços’ Premium e Concurso Internacional “Cidade do Fundão”.
É chefe de naipe da Orquestra Filarmónica Portuguesa e da Camerata Nov’Arte. É músico convidado da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, Orquestra de Câmara Portuguesa, Orquestra do Sul, entre outras.
A sua classe conta com alunos premiados em Concursos Nacionais e Internacionais, destacando-se a Orquestra de Jovens da União Europeia (EUYO), Orquestra Mundial, Orquestra de Jovens do Mediterrâneo, Academia Penderecki, Orquestra J.Futura (Itália), Paços’ Premium, Concurso Santa Cecília (Porto), Concurso Elisa Pedroso (Vila Real), Orquestra de Câmara Portuguesa, JOP, Concurso de Instrumentos de Arco do Alto Minho, Prémios de Mérito do IPCB, entre outros.
Atualmente, leciona na Academia de Música de Paços de Brandão; é docente na Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco e pertence à comissão científica do mestrado em música.