Destaques

“Música no Papel”

Exmos. Senhores,
 car@s amig@s,
Vimos por este meio, infra,proceder à divulgação do evento?Música no Papel?, resultante de uma parceria entre a Academia de Música de Paços de Brandão e o Museu do Papel, no âmbito das comemorações dos 15 anos deste espaço museológico, sito em Paços de Brandão.
A ocorrer no próximo dia 26 de outubro, pelas 21h:00, neste Museu.
Saudações musicais!
Isabel Castro 

 Museu do Papel celebra 15 anos com Música  Semana Aberta com visitas guiadas gratuitas de 24 a 30 de outubro .
 No dia em que completa 15 anos – 26 de outubro de 2016 – o Museu do Papel Terras de Santa Maria promove, às 21h00, o evento “Música no Papel”, que proporcionará um encontro dos visitantes e amigos do museu com momentos musicais de excelência, executados por alunos da Academia de Música de Paços de Brandão nos diferentes espaços do museu.     Pelos vários espaços do Museu do Papel, alunos instrumentistas da Academia de Música de Paços de Brandão apresentam um repertório diversificado, que inclui atuações do “Sopro das Cordas” (pelo Ensemble de Guitarras), da “Orquestrinha” (pela Orquestra de Cordas dos alunos do curso básico), da “Orquestra de Sopros” e da PercuPaços (pelo Ensemble de instrumentos de Percussão).   Estes concertos estão integrados na Semana Aberta do museu que, de 24 a 30 de outubro, abre as portas ao público para visitas guiadas gratuitas, entre as 9h30 e as 19h00 (entradas de hora-a-hora, sendo a última às 18h00), reforçando a sua atividade e envolvimento com o público. Cada visitante será surpreendido com uma oferta, feita em papel!  
 Único museu industrial português dedicado à História do Papel Ao longo de 15 anos de atividade, o Museu do Papel afirmou-se como uma referência a nível da Museologia Industrial Portuguesa, pela implementação de projetos inovadores em termos educativos e culturais, mas também pela forte Identidade que o caracteriza, numa ligação muito próxima à comunidade do papel. A grande marca identificadora do Museu do Papel reside no facto de este constituir um espaço museológico industrial em atividade, onde as leituras dos antigos espaços manufatureiros e industriais permanecem, proporcionando uma simultaneidade de interpretações a nível de áreas e métodos de trabalho de diferentes épocas.
 

Imprimir

2016-10-22 09:41:06